‘Não tenho medo de voltar para o Palmeiras’, afirma Diego Souza

Com futuro incerto, meia diz que prioridade da Traffic é negociá-lo com o mercado externo, mas permanência no Brasil não é descartada

Afastado do Palmeiras desde o fim de abril, o meia Diego Souza segue com seu futuro indefinido. Treinando somente em uma academia particular no Rio de Janeiro, o atleta afirmou que não tem receios de voltar a defender o Alviverde, caso não seja negociado para fora do país.

- Sempre fui tranquilo e sempre soube lidar com essas situações. Não tenho medo de voltar a jogar no Palmeiras. Tenho muitos amigos lá, sou homem e honesto. O que for decidido vou falar com a minha família e estudar para ver o que é bom – disse Diego Souza à Rádio Globo.

Diego foi afastado do Palmeiras depois de se desentender com alguns torcedores na partida com o Atlético-GO, no Palestra Itália, no fim de abril, e não pedir desculpas por ter ofendido o público. O técnico Luiz Felipe Scolari, novo comandante do Verdão, já manifestou o seu desejo de ter o atleta no elenco. No entanto, a Traffic, parceira do Alviverde na compra de jogadores, prefere negociá-lo com o mercado externo. Duas equipes já mostraram interesse: Catania (ITA) e Al-Jazira (Emirados Árabes).

Na entrevista, o meia afirmou que, caso não se transfira para fora do país, nada o impede de jogar por outra equipe que não seja o Palmeiras.

- Sei que tenho potencial e que posso render de campo. A Traffic não quis me liberar para times do Brasil e está aguardando que algo acontecesse para fora. Se não acontecer, sei que tenho portas abertas por aqui. A prioridade é para fora. Não tendo condições, pensaremos em uma equipe por aqui, que vai ser escolhida por mim e pela Traffic.

Valdivia: ‘Tem uma grande chance de eu voltar para o Palmeiras’

Meia admite que eliminação do Chile na Copa do Mundo pode acelerar o andamento das negociações com o clube alviverde

Já está escancarado o desejo da diretoria do Palmeiras de trazer o meia chileno Valdivia de volta para o Palestra Itália. A contratação do jogador seria o início da formação de um time para disputar o título do Campeonato Brasileiro. Talvez, agora, as coisas andem mais rapidamente. Com a eliminação do Chile da Copa do Mundo após a derrota de 3 a 0 para o Brasil, o atleta estaria com a cabeça livre para negociar o andamento de sua carreira. E, se depender de Valdivia, ele volta para o Palestra.

- Tem uma grande chance de eu voltar para o Palmeiras. É o que eu quero. Todo mundo sabe do meu desejo, eu quero voltar. Eu já falei que o Palmeiras está montando um time bom, contratou um técnico de qualidade. O meu desejo é voltar.

O jogador afirma que, sem a disputa da Copa do Mundo, o caminho para um acerto fica mais tranquilo. Valdivia ainda admite que a diretoria alviverde já entrou em contato.

- Pelo momento, eu tinha minha cabeça no Mundial, com minha seleção. Agora, vou pensar o que vai ser do futuro. A diretoria me procurou, mas não posso falar mais.

O meia diz que não conhece Luiz Felipe Scolari. Porém, isso não é um problema.

- Não conheço o Felipão, e não falei com ele. Sempre estou falando com os goleiros do Palmeiras, o pessoal que trabalha lá.

Novos reforços, Tadeu e Kleber treinam pela primeira vez no Verdão

Atacantes participam das atividades físicas normalmente após serem integrados ao elenco alviverde

Os novos reforços do Palmeiras já integram o elenco nos treinos normalmente. Os atacantes Kleber e Tadeu, que se apresentaram nesta semana, fizeram pela primeira vez atividades físicas fortes e treinaram com a bola com o time nesta quarta-feira.

- Eles vinham atuando pelos seus clubes e só precisam readquirir a forma. Como estão se sentindo bem, é importante que treinem no mesmo ritmo dos demais jogadores – afirmou ao site oficial do clube o preparador físico Anselmo Sbragia, que comandou as atividades da parte da manhã.

À tarde foi a vez de Jorge Parraga e o supervisor de futebol Galeano realizarem um treinamento técnico, em campo reduzido com dois toques na bola.

- Esses treinos iniciais com bola servem para os atletas se soltarem mais, principalmente após o período de folga e a carga intensa de atividades físicas. Nos próximos dias, vamos intensificar os trabalhos com bola e adotar outros tipos de treinos – explicou Parraga.

Treinando com portões fechados para a imprensa, o Verdão segue as atividades nesta quinta, sexta e sábado, com folga no domingo. Na parte da manhã do sábado, o treino será aberto.

Opção do Palmeiras, Leonardo terá transferência facilitada por gregos

Lateral esquerdo tem boa relação com dirigentes do Olympiakos, que não deve dificultar em caso de proposta oficial do Palmeiras

A lateral esquerda do Palmeiras deve passar por profundas mudanças nos próximos dias. Prestes a perder o colombiano Pablo Armero e com pouca chance de trazer Fábio Aurélio, ex-Liverpool, o clube volta todas as suas atenções para Leonardo, do Olympiakos-GRE. Segundo representantes dos gregos, a transferência será facilitada pelo fato de o lateral ter boa relação com a diretoria. Se uma proposta de compra ou até mesmo de empréstimo for feita, a chance de o negócio sair é grande. A diretoria palmeirense confirma que o nome de Leonardo está em pauta.

- O Leonardo já foi procurado, mas é nossa parceira quem deve tratar disso. Se der certo, será um bom reforço para suprir a saída do Armero. No momento é o nome mais forte, mas também temos outros em pauta – disse o vice-presidente de futebol Gilberto Cipullo, ao GLOBOESPORTE.COM.

O presidente Luiz Gonzaga Belluzzo já afirmou anteriormente que teve contatos com os representantes do jogador. Mas é a Traffic, parceira que auxilia o Palmeiras em contratações, que deve comandar as negociações.

Leonardo já é sonho antigo do Palmeiras, desde o início do ano. Aos 24 anos, o jogador revelado na Portuguesa está no Olympiakos há duas temporadas e é um dos atletas mais queridos da equipe grega.

Representantes de Armero mostram cautela

Armero está praticamente acertado com o Parma, mas seus representantes ainda não batem o martelo. A Turbo Sports, dona de 80% dos direitos federativos do jogador, reconhece que o clube italiano está próximo de fechar negócio, porém não descarta outros possíveis destinos para o colombiano, que deve deixar o Verdão por cerca de US$ 4 milhões (cerca de R$ 7 milhões).

- Existem algumas bases salariais que o agente do Armero já passou ao Parma, e eles já aceitaram essas bases. O que falta mesmo é o Parma concordar com nossos pedidos ou não. Eles discordando, ou o Armero fica no Palmeiras, ou vai pra uma dessas duas equipes na Europa. Existem dois outros clubes que disseram estar muito interessados no Armero, inclusive um na própria Itália. Nós agradecemos e dissemos que vamos conversar com eles se o negócio com o Parma não der certo – disse Régis Villas Boas, representante da Turbo Sports, em entrevista à Rádio Globo.

Aumentam as chances de Diego Souza ficar no Palmeiras

Propostas de Catania e Al Jazira não contentaram o meia

Kleber, Diego Souza e Valdivia juntos novamente? No que depender da vontade de Luiz Felipe Scolari, o trio estará em campo, no segundo semestre, pelo Verdão.

A situação de Diego, que era vista como praticamente irreversível no clube, é a mais próxima de sofrer uma reviravolta. Hoje, o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo já considera grande a possibilidade de o jogador ser reintegrado ao grupo.

– Aparentemente, a chance de Diego Souza continuar no Palmeiras é maior do que antes – disse.

A mudança de rumo foi iniciada, justamente, por Felipão. O comandante não apenas manifestou o desejo de contar com o atleta, como também já procurou os homens-fortes da Traffic, parceira do Palmeiras e dona dos direitos de Diego Souza, para conversar.

O técnico se reuniu, no último domingo, em Johannesburgo (África do Sul), com J. Hawilla e Júlio Mariz, dono e presidente da empresa, respectivamente. O encontro foi revelado pelo próprio técnico, nesta segunda-feira, em entrevista coletiva.

– Diego Souza é espetacular, um excelente jogador. Eu solicitei a volta dele ao nosso patrocinador (Traffic). A minha intenção é ter o Diego quando eu assumir o Palmeiras (no dia 15 de julho) – disse.

O treinador não deu importância ao fato de o jogador ter sido afastado por fazer gestos obscenos a alguns torcedores que o xingavam, nas numeradas do Palestra Itália.

– Não quero saber o que aconteceu com a torcida do Palmeiras. Ele é jogador do clube, faz falta ao clube – afirmou, de forma enfática.

– Eu não mudei em nada, eu que mando na equipe, eu que escalo a equipe. Não tenho motivo para brigar com a torcida. Quero a torcida comigo. Os bons atletas vão trabalhar pelo Palmeiras – completou.

No clube, a transferência de Diego para o Catania, da Itália, ou para o Al Jazira, dos Emirados Árabes, era vista como quase certa. Mas, como a Traffic ainda não entrou em acordo com nenhum desses clubes, o presidente Belluzzo já se vê otimista em contar com o atleta.

Como o Verdão já voltou aos treinos e Diego ainda possui contrato com o clube, ele poderá ser reintegrado esta semana para trabalhar na Academia de Futebol.

Henrique aprova retorno, mas nega contato do Palmeiras

Jogador está na mira da diretoria do Verdão para voltar ao clube

De acordo com Benjamin Back, colunista do LANCENET!, o zagueiro Henrique , que defendeu o Palmeiras em 2008, está na mira da diretoria alviverde. Conversas entre as partes, inclusive, já foram iniciadas.

O defensor, porém, negou que já tenha sido procurado por alguém do Verdão, mas não descartou a possibilidade de retornar ao clube.

– Meu contrato é com o Barcelona. Meu empresário foi para lá para resolver minha situação. Ele foi no domingo. Essa semana deve já definir. Ninguém me falou nada de Palmeiras. Só se o Marquinhos (Malaquias, empresário) sabe de algo que eu não sei – disse.

Campeão paulista em 2008 pelo Palmeiras, o zagueiro admite que pode voltar ao clube. E a contratação de Luis Felipe Scolari como técnico do time, pode pesar nesta decisão.

- Seria uma boa trabalhar com o Felipão. Ele é um cara que dispensa comentários. Esse seria mais um motivo de aceitar, com prazer, o retorno ao Palmeiras – admitiu o zagueiro.

Depende do Barcelona (ESP), clube detentor dos direitos do atleta, aceitar o empréstimo de um ano. Na última temporada, ele atuou pelo Racing Santander, da Espanha. No começo deste ano, o Corinthians tentou a contratação do jogador.

Valdivia: ‘É um bom momento para voltar’

Ídolo da torcida, meia chileno admite boa hora para retornar ao Palmeiras, com Felipão e Kleber

Atualmente disputando a Copa do Mundo pelo Chile o meia Valdivia é o grande sonho da diretoria do Palmeiras para o segundo semestre. O Mago, ídolo da torcida, mais uma vez não escondeu a vontade de voltar ao clube, onde brilhou entre 2006 e 2008.

- É um bom momento para voltar. O Palmeiras está montando um time para ser campeão – afirmou Valdivia em entrevista ao Jornal Nacional, da Rede Globo.

De acordo com o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo, o Palmeiras apresentará uma proposta ao Al Ain, dos Emirados Árabes, nos próximos dias. Ele viajará para o Oriente Médio para fazer a oferta, pessoalmente, aos dirigentes do clube do Mago.

– Vou para a Europa nesse próximo fim de semana resolver uns assuntos particulares. E, depois, devo ir para os Emirados – disse Belluzzo.

O retorno do meia Valdivia ao Palmeiras é também desejo do técnico Luiz Felipe Scolari. O treinador destacou o fato de o atleta chileno ter forte ligação com a torcida alviverde. Segundo ele, uma definição sobre o futuro do Mago pode ocorrer nesta semana.

– Valdivia é muito bom jogador. É um atleta identificado com o Palmeiras. Isso pode evoluir até o fim da semana – declarou o comandante.

– Mas não posso pensar em atleta para uma só posição. Eu tenho Lincoln, Diego Souza… – completou.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.